Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Serveal fiscaliza fase final da obra do Polo de Tecnologia da Informação
29/12/2016 - 09h05m

Serveal fiscaliza fase final da obra do Polo de Tecnologia da Informação

Projeto é uma iniciativa do Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação

Serveal fiscaliza fase final da obra do Polo de Tecnologia da Informação

prédio tem três pavimentos com capacidade de acomodar até 40 empresas de pequeno, médio e grande porte

Equipe técnica do Serviços de Engenharia do Estado de Alagoas S/A (Serveal) fiscalizou nessa terça-feira (27) o andamento das obras do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics), localizada no Jaraguá. 

O Polo Tics faz parte do Parque Tecnológico de Alagoas e, quando ficar pronto, será compartilhado pelos governos estadual e municipal, além de contribuir com instituições de ensino público e privado, empresas e o mercado. O espaço terá a finalidade de promover soluções integradas de tecnologia para melhorar o desempenho das empresas instaladas no Estado.

Em vistoria, o engenheiro responsável pela obra, Rubens Ramires, visitou todos os andares da edificação e conferiu de perto os avanços. “A obra está na fase final e tem a previsão de ser concluído no 1º semestre de 2017”, ressaltou Ramires.

O prédio tem três pavimentos com capacidade de acomodar até 40 empresas de pequeno, médio e grande porte. A proposta é incentivar a inovação e o desenvolvimento da economia criativa ligada ao setor de tecnologia da informação.

As fiscalizações na obra do Polo TICS são feitas semanalmente pelo engenheiro responsável, com o proposito de seguir todas as especificações definidas no contrato e que constam no projeto executivo, visando garantir a utilização de materiais e serviços de melhor qualidade.

O projeto é uma iniciativa do Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que servirá como um instrumento de resgate do bairro histórico de Jaraguá, proporcionando visibilidade e atraindo a circulação de pessoas, contribuindo para o desenvolvimento da cultura e turismo para a região que possui grande parte do patrimônio arquitetônico de Maceió.

 
Ascom/Serveal


Ações do documento