Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Obras do Centro Integrado de Segurança Pública passam por vistoria
30/10/2018 - 13h05m

Obras do Centro Integrado de Segurança Pública passam por vistoria

Serveal é responsável pela fiscalização da obra para garantir melhores estruturas

Obras do Centro Integrado de Segurança Pública passam por vistoria

Cisp tipo 2 na cidade de Pilar

Texto de Antônio Wanderley e Aldo César de Oliveira Holanda

O Serviço de Engenharia do Estado de Alagoas S/A (Serveal) – tem fiscalizado, periodicamente, as obras executadas pelo Governo do Estado. As mais recentes vistorias foram nas construções dos novos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) de tipo 2, unidades quem cumprem um papel fundamental da estratégia de combate a criminalidade em Alagoas.

 

Atualmente, o maior dos Cisp em construção é o do município de Pilar, com uma área construída de 1.341,97 m², distribuídos em dois pavimentos, que abrigarão as equipes das Polícias Militar e Civil em um mesmo ambiente.

 

A modalidade de construção adotado para execução desse projeto preza pela rapidez e praticidade da obra. Com prazos de até 180 dias, na maioria dos Cisps são complexos modulares de construção que contam com materiais escolhidos que proporcionem praticidade na execução, sem perda de qualidade estrutural.

 

Contando com quatro celas, que comportam até oito detentos cada, a unidade do Pilar também tem espaço dedicado à identificação e reconhecimento de suspeitos, área destinada ao armazenamento de objetos apreendidos, além de ter um local para banho de sol para os detentos. Além disso, para respeitar o amplo acesso a população, a estrutura foi desenvolvida com rampa de acessibilidade, e também pode receber, separadamente, detentas e menores de idade que estejam à disposição da Justiça.

A estrutura possui alojamentos para os funcionários, alocados no prédio e ampla espaço de atendimento ao público, afinal o projeto foi elaborado para garantir a preservação tanto da integridade física dos suspeitos ou detentos, quanto para os funcionários e sociedade que venha a ter serviços atendidos na Unidade.

Ações do documento